Sobre o Congresso

No jornalismo contemporâneo, mobilidade, velocidade e partilha assumem-se como características determinantes no processo de produção, distribuição e consumo de notícias. O sistema mediático continua em transformação e, neste contexto de comunicação em rede e tempo acelerado, é incontornável considerar o uso dos dispositivos móveis e o seu papel no fluxo informativo. Tecnologia e inovação continuam a apresentar oportunidades para o jornalismo, por isso o JDM vais mais uma vez refletir sobre temas relacionados com a reconfiguração de rotinas e práticas jornalísticas, a importância de diferentes formatos e novas linguagens, o acesso aos conteúdos e sua difusão, e a relação com o público.  Depois do 1º Encontro da Montanha, realizado em outubro de 2009, o evento ganhou a forma de congresso, em 2012, e, desde aí, tem procurado, de dois em dois anos, analisar o estado do ecossistema mediático focado na relação entre o jornalismo e os dispositivos móveis. Nesta quinta edição a análise e discussão será feita em quatro mesas, duas das quais exclusivamente dedicadas a reflexões teóricas sobre o tema e uma Mesa Especial com temas relevantes no contexto em que o congresso se insere. Desta forma procuramos contribuir para o equilíbrio de um sistema científico cada vez mais marcado pela investigação puramente quantitativa exigida pela maioria das revistas. Haverá ainda uma mesa para estudos de caso com o objetivo de discutir novas experiências que foram desenvolvidas nos últimos dois anos. Tratando-se de um congresso altamente especializado, o número de comunicações aceites será de 6 por mesa, num total de apenas 24.

Mesa 1: Os dispositivos móveis como ferramenta de produção, distribuição e consumo de notícias
[Reflexões teóricas sobre a utilização dos smartphones no contexto da recolha e tratamento de informação (MoJo) e sobre a receção de conteúdos em dispositivos móveis]

Mesa 2: Narrativas jornalísticas para dispositivos móveis
[Reflexões teóricas sobre novas linguagens e novos formatos jornalísticos]

Mesa 3: Estudos de caso/trabalhos práticos e projectos
[Análise de conteúdos e de narrativas, estudo de apps, relatos de projetos
hiperlocais, experiências com recurso a Realidade virtual, Vídeo 360, etc]

Mesa 4: Tema Especial: Inteligência Artificial aplicada ao Jornalismo
[A partir da edição deste ano, o JDM passa a ter uma mesa extra sobre temas relevantes no contexto em que o Congresso se insere. Este ano aceitam-se trabalhos que abordem a Inteligência Artificial no Jornalismo]

Funcionamento das mesas
As comunicações aprovadas em cada mesa serão distribuídas pelos participantes, funcionando a mesa da seguinte forma: cada orador tem 15 minutos para apresentar o seu trabalho, 5 minutos para colocar questões a outro participante da mesa (escolhido por sorteio) e 10 minutos para responder às perguntas que lhe forem colocadas. 

Chamada de Trabalhos

Datas importantes

Entrega de propostas (textos completos): 31 de outubro de 2021

Autores que já enviaram suas comunicações, podem optar por atualizá-las ou retirá-las do Congresso. 

Aceitação: 30 de novembro de 2021

E-mail para envio: jdm@labcom.ubi.pt
(Após o congresso os autores terão até o dia 15 de janeiro de 2022 para apresentar a versão final)

PREÇOS

Inscrição com apresentação de texto: 1º e 2º autor (25 euros cada); 3º e 4º autores, adicional de 5 euros por autor;
Inscrição sem texto: grátis, mas com inscrição obrigatória (certificado)

Notas finais
Os textos devem ser enviados no formato JDM, podendo ser redigidos em português, espanhol ou inglês;

- Todos os textos serão publicados em livro a editar nos Livros Labcom;

- O trabalho que obtiver a melhor pontuação na soma das notas atribuídas pelos dois revisores, receberá o prémio de Best Paper JDM2021, com diploma e publicação na revista Estudos em Comunicação (SCOPUS).


Comissão Organizadora

João Canavilhas, Catarina Rodrigues, Ricardo Morais e Fábio Giacomelli